Como diferenciar os tipos de fome

Como diferenciar os tipos de fome

Tempo de leitura: 3 minutos

Existem outros tipos de fome além da fome física? A resposta para esta pergunta é SIM! Existe a fome emocional e a fome comportamental. Hábitos alimentares inadequados podem desencadear momentos em que podemos pensar que sejam episódios de compulsão, mas pode ser causado por algum processo emocional que influencia demais nas atitudes de uma pessoa perante às várias situações do dia a dia.

Saiba a seguir, como diferenciar esses tipos de fome!

Fome Física

Como diferenciar os tipos de fome - Fome física
Fome física. Foto: freepik.com

É um processo fisiológico que conta com a ação de dois neurotransmissores: a grelina e a leptina.

A primeira é aquela que ativa a sensação de fome, ou seja, quando o indivíduo sente que é o momento para se alimentar.

Já, a leptina, age causando a sensação de saciedade, isto é, quando a pessoa sente que é o momento de parar de comer.

A produção de leptina relaciona-se com a quantidade de tecido de gordura que um indivíduo possui. Quanto maior o percentual de gordura, maior será a produção de leptina, inibindo a sensação de fome.

Pessoas portadoras de sobrepeso elevado apresentam a perda da resistência a este neurotransmissor, ou seja, este processo pelo qual a leptina avisa que é para parar de comer. Então, tais pessoas não percebem e continuam comendo.

Contudo, se a grelina e a leptina estiverem funcionando adequadamente e a pessoa estiver com a atenção plena, ela consegue perceber o momento da fome e da saciedade.

Normalmente, a pessoa sente seu estômago roncar ao estar com fome e não apresenta vontade de comer algum alimento específico. Além disso, a ingestão de líquidos retarda a sensação de fome.

Fome Comportamental

Geralmente, a pessoa não está com fome, mas vai comer. Ela acompanha o comportamento de outras pessoas ao seu redor.

Pode-se notar, por exemplo, quando alguém vai ao cinema e tem o costume de comprar pipoca e refrigerante, mesmo sem fome. Mas, porque ele associa o ato de assistir filme comendo pipoca ou porque ele tende a repetir o que as outras pessoas estão fazendo.

Como diferenciar os tipos de fome - Fome comportamental
Cinema. foto: freepik.com

Também, quando a pessoa continua bebendo e comendo, mesmo sem vontade, só porque ela está mesa entre amigos ou entre sua família.

Como diferenciar os tipos de fome - Fome comportamental
Restaurante. Foto: freepik.com

Ainda, quando a pessoa aceita comer algo que uma pessoa oferece, só porque todos aceitaram.

Fome Emocional

Como diferenciar os tipos de fome - Fome emocional
Fome emocional. Foto: freepik.com

Comumente é o tipo de fome que oferece um conforto ou um prazer momentâneo, onde a pessoa costuma ter pensamentos de que “mereça” comer algo por algum motivo.

Pode-se observar quando a pessoa, por alguma razão, come quando apresenta alteração de humor (ansiedade, tristeza, euforia, depressão) acompanhada de uma vontade ou desejo por algum alimento específico.

 

Nota-se características bem distintas entre a fome física da emocional:

Cristina Mary Nutri - Como diferenciar os tipos de fome - Fome física e emocional
Comparativo entre fome física e fome emocional

Você sabia…

que existe escala de fome?

Cristina Mary Nutri - Como diferenciar os tipos de fome - Escala de fome
Escala de fome

É importante saber que a pessoa quando se encontra nos níveis 1 e 2, fica pouco seletiva, ou seja, a sensação de estar faminto faz com que o indivíduo busque por qualquer alimento que veja em sua frente, não necessariamente optaria por um alimento saudável.

Entretanto, para todos que quiserem trabalhar bem com a questão de qual seria a hora de comer ou parar de comer, devem evitar chegar aos extremos dos graus da escala da fome (níveis: 1,2, 9 e 10).

 

Vídeo relacionado

 

Veja também…

Excelente artigo do meu amigo Coach Esportivo Douglas Siqueira: Dieta Mental – Como fazer a dieta ser fácil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *